Comando Militar da Amazônia marca os 15 anos da missão de resgate do voo GOL 1907

blank

O acidente com o avião da Gol (voo 1907) que vitimou 154 pessoas, fez 15 anos nesta quarta-feira (29). A aeronave que teve sua decolagem em Manaus com destino ao Rio de Janeiro, foi atingido por outro jato e caiu em meio a floresta amazônica na terra indígena Capoto-Jarinã.

O Comando Militar da Amazônia que há 15 anos teve a atuação incansável de mais de 200 militares especializados na operação resgate de um dos maiores acidente aeronáuticos registrados no país.

A quantidade de meios e militares utilizados na operação foi comparada como uma preparação para a guerra, mas a guerra de garantir um conforto aos familiares, amigos e conhecidos das 154 vítimas entre passageiros e tripulantes do voo GOL 1907 como também um enterro digno aos que partiram.

Ninguém foi deixado para trás! Selva!

Veja o vídeo disponibilizado pelo Comando Militar da Amazônia.


Siga-nos no instagram: @defesanewsoficial

Veja os nossos programas no Youtube a qualquer hora e local
https://www.youtube.com/defesanews

 

 

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa News na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.