Delegação da AMAN participa das comemorativas do 201º aniversário da Independência da República do Peru

blank
blank

Lima (Peru) – Na semana de 25 a 29 de julho, uma comitiva formada por um capitão e cinco cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), participou das atividades comemorativas alusivas ao 201º Aniversário da Independência da República do Peru.

A delegação esteve composta pelo Capitão Fábio Sordati e pelos Cadetes Schlotefeldt, Quintanilha, Pâmela, Vítor Dutra e Pablo, tendo sido recepcionada pela Escola Militar de Chorrillos (EMCH) – Estabelecimento de Ensino de formação dos Oficiais do Exército do Peru. Ao longo da semana, a comitiva participou de diversas atividades militares e culturais a cargo da EMCH.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Em 29 de julho, finalizando os eventos de Fiestas Patrias, o grupamento participou, em posição de destaque, do Desfile Cívico-Militar, realizado na Praça Cáceres do Quartel General do Exército do Peru, devido às restrições sanitárias relacionadas à Covid-19. Participaram da cerimônia o Presidente do Peru, Pedro CastilloTerrones, Ministros de Estado, políticos, autoridades civis e militares, além dos adidos militares das Nações Amigas acreditados no país.

Salienta-se que o Brasil foi a única Nação Amiga a enviar uma delegação participativa da cerimônia, em homenagem às Forças Armadas do Peru e à sua Polícia Nacional.

Nesse sentido, o Exército Brasileiro materializou a presença “Verde e Amarela” no país irmão, reforçando os vínculos de amizade e cooperação existentes entre o Brasil e o Peru, além de fortalecer o respeito mútuo e os laços de amizade entre ambos os exércitos das duas nações sul-americanas.

Fonte: Aditância de Defesa e do Exército em Lima no Peru

Fonte: Defesa em Foco

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa News na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.